Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

oitentaeoitosim

18
Ago16

Cronicão 3

Jorge

O Sr. Mário Centeno atual ministro das Finanças (MF) vai de abalada à América que é como quem diz aos Estados Unidos da América (EUA) país igualmente conhecido por States ou pela sigla um tanto ou quanto insidiosa de USA embora a maioria dos intervenientes na comunicação social designe esse país por América uma fórmula redutora que corresponde aos interesses dos EUA mas chateia até ao tutano os outros países e populações do continente americano não muito dados a figuras de estilo da língua como a sinédoque que toma a parte pelo todo ou o todo pela parte e que está na linha da metonímia que toma o continente pelo conteúdo e a parte pelo todo a falta de cultura dá nisto…

O atual MF parte para os EUA a tentar sensibilizar os empresários gringos para a carestia e para a remediação das pústulas da economia e das finanças do Retângulo ou não morassem lá os comandantes das tropas que põem e dispõem a seu bel talante das contas dos países do orbe terráqueo um beltrano meu amigo e que a si próprio se tem na conta de renomado especialista em leitura de entrelinhas não se conteve na altura e disse preto no branco que o Sr. Centeno foi lá pedir esmola e que o óbolo recolhido nem deu para cobrir as despesas da comitiva seleta que o acompanhou e foi ainda mais longe que teria sido melhor ter ido ao «Shark tank» onde poderia ter sacado umas lecas mais avantajadas caso o orçamento estivesse bem balanceado o que não se sabe ser bem o caso…

Se os ditos empresários ficaram impressionados com os projetos apresentados pelo atual MF fecharam-se em copas até hoje nem tugiram nem mugiram uma cena facilmente entendida à luz dos cenários enformadores das grandes decisões empresariais os empresários têm de consultar uma série de gurus têm de analisar muitos gráficos no Excel têm de analisar múltiplas propostas de localização têm de apreciar planos de engenharia financeira inerente logo estas coisas requerem a lembrar todos aqueles casos vertidos na e para a comunicação social dia-sim-dia-não e que envolvem rusgas em mansões herdades clubes e escritórios acometidos a figurões e casacudos cá da praça a precipitação é inimiga da exigência e do respeito aos maiorais felizmente que para a arraia -o código de conduta é mais curto…

Na oportunidade o Sr. Centeno o tal que já achou e não sei se ainda acha que ter 2000 euros de rendimento mensal é privilégio e que também gosta de se fazer acompanhar por banqueiros conhecidos de ginjeira e prestimosos a passar microfones argumenta forte vocês apareçam lá na terra com a massa que os nossa mão-de-obra não é muito exigente antes pelo contrário até sai muito barata vá lá não demorem muito a tomar uma decisão as leis laborais estão de feitio parece que se esquece de referir a acalmia social mas isso é despiciendo face aos apoios de que goza a solução governativa que o MF integra.

O que ele se lembrou de dizer! no segundo imediato levanta-se semelhante chavascal por todo o país que sobrevive até aos nossos dias são muitas vozes a lavrar o seu protesto que o Sr. Centeno meteu a pata na poça na ocasião antes tivesse aparecido de cachecol nacionalista ao pescoço que o MF atual fez de cavaleiro da triste figura que deixou cair os seus concidadãos na lama que o MF pôs o dedo da ferida quando não tinha sido mandatado para tal que não há direito andar a angariar mundos e fundos por conta de sermos pobrezinhos esquecendo-se de acrescentar que somos pobres mas honrados que precisamos de taco como de pão para a boca mas não nos devemos pôr de cócoras que seria bem melhor que nos perdoassem as dívidas antigas estão cheias de bolor e o bolor rapidamente se propaga e causa doenças que fosse ele o Sr. Manuel Pinho dos  corninhos e dos chinesinhos que têm a mania que já saíram da cepa torta e já estaria na alheta a esta hora e a tentar reaver prebendas por trabalhos incertos que fosse ele trabalhar para uma empresa dessas que paga poucochinho a ver se ele gostava ele que se acha com direito a ter uma vida folgada tem sido o bom e o bonito e o Sr. Centeno já não sabe onde se meter tal o escarcéu....

PS1 – O último parágrafo não é verdadeiro mas não merece castigo.

PS2 – Entretanto resultados palpáveis das diligências encetadas não se fazem sentir  que se lhe há de fazer?

medical-neurologist-neurology-neurotics-nervous_sy

«Sim, ele é neurótico - É uma situação comum em neurologistas»

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub