Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

oitentaeoitosim

02
Jul12

Espíritos

Jorge

1 - Se alguém com voto na matéria (ou tom de voz mais convincente) acha que és um espírito de contradição, ora dizes sim, ora dizes não, quando te pronuncias sobre o mesmo significante, coisa, pessoa, fator ou causa, ficas a saber que te tratou com luvas de pelica. Ao invés, poderia ter-te alcunhado de vira-casacas, 2 caras, sacripanta, bifauce, parlapatão, trambiqueiro, lagalhé e coisas no género. E aí a cena podia aquecer e acabar tudo no cabo de esquadra. Se tiveste oportunidade de replicar que só não muda de opinião o gado asinino, deste o tempo por bem empregue.

2 - No teste de Latim usaste cábulas, (a sexagenária profe topou o teu topete, mas, como te conhecia de ginjeira, sabia que quem pouco estuda, pouco trambica). Mesmo assim, aplicou-te chapa zero, por te teres servido do espírito santo de orelhas, como disse ela por entre risos convulsos e lacrimejantes de confrades reunidos em assembleia magna. Soube que estiveste para interpor recurso, mas retiraste a mão a tempo, caso contrário terias de te haver com as avalanches argumentativas furibundas do conselho da turma, do conselho geral, do conselho pedagógico e da gerência do reformatório.

3 – Deste uma esmola a um pobrezinho no dia 22 de dezembro, alindaste uma árvore no dia 23 de dezembro, osculaste toda a vizinhança, mesmo a atiradiça do segundo frente, no dia 24 de dezembro, foste à missa do galo, deste brinquedos a todos os familiares e pobrezinhos com que deparaste, no 25 de dezembro. Foi quando te deixaste imbuir pelo espírito natalício.

4 - Foste gritar para as ruas o nome do teu candidato, arregimentaste uns amigalhaços capazes de preencher o pavilhão desportivo do bairro, a troco de comes e muitos bebes, distribuíste preservativos, corta-unhas e dedais, deste o bacalhau a amigos, inimigos e conhecidos e, por fim, o teu candidato levou que contar. Não interessa, estiveste possuído pelo espírito de campanha e marcaste pontos na tabela da cidadania.

5 - Compraste um fato de zorro ao teu filho e de barbie à tua filha, afivelaste uma máscara de bobo da corte e a tua mulher de lady Chatterley, foram abanar o capacete para o clube mais próximo, durante 3 dias e 3 noites. O teu patrão ameaçou cortar a tua colaboração, dada a semana de baixa que meteste à conta de dores nos joanetes. Suportaste de bom grado as afrontas e as pragas que te atirou ao rosto, mas já cá cantava o gozo. Foi assim que curtiste o espírito carnavalesco.

6 - Acreditas que a Terra é a casa de todos os seres vivos, que deveriam viver em equilíbrio, em harmonia e que ao homem apenas resta o desapego e o desenvolvimento sustentável. Estás possuído do espírito de Gaia ou da Terra. Se todos pensarem como tu, talvez o mundo tenha salvação, quem sabe, há milagres devidamente fundamentados.

7 - Poupaste todos os copeques para comprar bandeira, cachecol, fato de treino, boné, foste ver os jogos à praça do orgulho popular, onde, perante as câmaras de todas as têvês afiançaste que ela já era a maior e arrenegaste críticos e detratores de trazer por casa, como se fossem apátridas. Mais tarde, disseste que a equipa caiu de pé, lixou os calcantes, mas ficou-se a honra. Embora a honra já não faça apelo a refregas, a duelos, a batatada de meia-noite, a bordoada de criar bicho, ficou-te bem essa tradução do espírito da seleção.

8 - Decidiste participar no exército dos contras da Síria, assim do pé para a mão, sem consultares família, o periquito, patrão, ou teu treinador pessoal? Estás dotado de espírito animal, está bem de ver. Que regresses bem.

 

PS: Não procures saber se são bons ou maus, se errantes, se aplacados todos estes espíritos. Pelo sim, pelo não, procura um exorcista.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub