Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

oitentaeoitosim

08
Jun16

Comento 3 - Farronca

Jorge

O Sr. Rodrigues dos Santos (RS) acha que o fascismo é uma deriva do marxismo (o ovo de Colombo reinventado) e acha que descobriu a pólvora.

É claro que o Sr. RS que de gago tem pouco - deixou meio mundo atónito e a outra metade do mundo com vontade de o trespassar, o habitual nele... Eu vejo naquela afirmação mais uma manifestação da panca de genialidade que transporta agarradinha a si, desde que o seu corpo se associou à alma (de cântaro) que lhe coube em sorte.

Consta que o Sr. RS já cunhou a patente da descoberta e fez muito bem, que as venialidades rendem. Este hodierno descobrimento promete abrir portas de Portugal a muitas divisas e a desvairadas gentes, facto que dá um jeitão do camandro (passe o tabuísmo).

(Tem piada que a mim já tinha ocorrido uma conclusão similar, só que posta ao contrário, numa madrugada às voltas com o sono solto, por conta de uma trovoada tétrica. Assim que estendi os meus argumentos, no dia a seguir, no café do Francês, percebi que me tinha estendido ao comprido e dai de lá com os pés a bater no rabo, ruborizado. Cheguei a ser acusado de sofomania, mas fiz questão de exibir a listagem oficial das minhas maleitas – que não incluía essa de sofomania - e deixaram-me em paz...)

O Sr. RS apoia-se em manobras, mexericos, ditos e escritos de personagens da vida real que estiveram ligadas às guerras intestinas em formações marxistas. Escolheu aqueles ao acaso? Poderia ter ido beber a outras fontes? Talvez, agora, não pode ser acusado de falta de capacidade argumentativa...

(Maravilha, milhares de indivíduos entendidos e entediados a debitar bitaites sobre as inimizades que separam as 2 ideologias e logo chega o Sr. RS que, em meia dúzia de penadas, as junta dentro do mesmo saco de farinha!)

Querem (mais) factos comprovativos? Primeiro, o Sr. Mussolini, um fascista de-alma-e-coração, em jovem alinhou com o marxismo, orientou um jornal dessa extirpe e só depois se tornou facho.

Segundo, o nome do partido do Sr. Hitler dava por «nacional-socialista». Estão a ver «socialista», um vocábulo querido dos marxistas, logo cheira a esturro!... O epíteto de «nacional» estava ali por acréscimo... Pulgas me mordam se o tipo não era xuxa, comuna ou sd (social-democrata) e andou a enganar-nos a todos.

Serão precisas mais provas convincentes?

Agora sou eu a pensar, se aqueles 2 tugues mataram que se fartaram e puseram meio mundo a saque, isso não se terá ficado a dever à onda marxista que terão cavalgado?

O Sr. RS não é taxativo, mas deixa a porta entreaberta; não o diz taxativamente, mas fica depositado o ovo de serpente, a cumprir a sua gestação no meio da ninhada de uma galinha poedeira...

De sibilino a mensagem subliminar não contém nada, mesmo nada, seu maroto...

(A crer na intrépida máxima sujeita a direitos de autor, sugere-se aos autores do Livro Negro do Comunismo que revejam os cálculos feitos, é que parecem pecar por defeito!...)

«Será possível que o Sr. RS, distinto escritor e habituado a contar estórias bem desenvolvidas a notas graúdas, não esteja a confundir alhos com bugalhos, a tomar a nuvem por Juno?» - eis uma dúvida bem metódica que perfilho.

Longe vá o agoiro, basta ler a argumentação narrativa de personagens dos seus 2 últimos romances, elas explicam a coisa tintim-por-tintim...

Ora, se esta versão ficar plamada nos compêndios escolares vai dar cá um destes rebuliços! Muita gente tinha por certo que marxismo e fascismo eram coevos e que de resto nada mais tinham em comum a não ser um ódio visceral e que eram assim a modos de água e azeite, não eram miscíveis... Mas, para o Sr. RS a primeira gera a segunda, numa perspetiva unidirecional, sem retorno, que horror!...

(Um diabo que costuma acaçapar-se por detrás de cruzes chegou a formular uma teoria similar, mas nunca a publicou, por pudicícia.)

Os génios são assim, querem-nos de boca aberta, tomados de espanto. Acresce que os génios de almotolia de trazer por casa também satisfazem pedidos, basta que a embalagem seja esfregada a contento...

Andam para aí uns manguelas da estranja contentinhos-da-Silva por acharem que solucionaram a ínclita questão: «O que surdiu primeiro, o ovo ou a galinha»? Tivesse tido o Sr. RS a lembrança de debruçar-se sobre a magna questão e ali galo cantaria...

(Um anjinho de asas pretas soprou-me ao ouvido que o Salazar – que figura em livros do Sr. RS – terá ficado agastado com esta teorização que apelidou de peregrina. Que não estava para aturar o enxovalho, ou a simples suspeita que a sua ação tenha alguma vez estado ditada por assomos de esquerdelhice, cruzes canhoto! Esteve vai-não-vai para pregar um valente susto ao Sr. RS, mas ficou-se por impropérios estilo «vai dar banho ao cão», «volta para a tua terra», «andas armado em carapau de corrida, mas já te aparo as barbatanas, etc... A lista é interminável, como a vida atual de que disfruta. Foi quando alguém da mesma alfurja lhe lembrou que, desse modo, daria o braço a torcer e que a exigência de satisfações poderia levantar fortes suspeitas que a facharia de facto esteve estabelecida em Portugal...Contrariado meteu-se em copas, mas, Sr. RS, se preza o seu bem, talvez fosse boa ideia evitar espaços frequentados por almas penadas, que as há, há...

PS1- Confesse lá, Sr. RS, você não grama nem um bocadinho essa ideologia vermelhusca, verdade? Podia ter dito logo, que, pelo menos no meu caso, não ficava nada chateado...

PS2 - Eu acho que também os cálculos dos autores do Livro Negro do Capitalismo precisam ser refeitos. Proponha-se a ajudá-los, Sr, RS, ou então sempre pode confiar a missão a protagonistas dos seus livros, os últimos. Tá na cara que os cálculos pecam por excesso...)

PS3 – Se o Sr.RS ainda não consta dos compêndios da literatura moderna portuguesa, trata-se de pura injustiça, a exigir breve reparação. Agora, a reabertura do «Jornal do Incrível» conferia-lhe mais espaço de manobra e maior audiência...

PS4: Aqui fica um trava-língua, em sua homenagem, Sr. RS: Lá vem o velho Félix com o fole velho nas costas. Tanto fede o velho Félix, quanto o fole velho nas costas do velho Felix, fede.

E estoutro: Gato escondido com rabo de fora tá mais escondido que rabo escondido com gato de fora.

«Visionário».jpg

 

 Ele não gosta que o chamem de optometrista (oculista).

Ele antes prefere ser «visionário»

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub