Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

oitentaeoitosim

15
Nov15

Diálogos de outono (11)

Jorge

- O consumo excessivo de enchidos e enlatados de carne provoca cancros.

- Má-novidade essa, enchidos e enlatados estão ao alcance das bolsas mais debotadas!

- Fiambres, toucinhos e afins provocam cancros.

- Má-novidade essa, fiambres, toucinhos e afins estão ao alcance das bolsas mais debotadas!

- O processamento de tais alimentos leva à incorporação de compostos químicos suspeitos.

- Assim não vale!

- O seu processamento leva à incorporação de perturbadores endócrinos, suspeita-se também.

- Assim não vale!

- Esses produtos são autênticas bombas-relógios.

- Quem diria!

- Estes alimentos serão uma ameaça para a saúde da malta, como o tabaco e os vapores dos escapes dos carros a diesel.

- Quem diria!

 - O consumo excessivo de carnes vermelhas pode provocar cancros.

- Tem bom remédio, come-se menos!

- As carnes processadas e as encarnadas têm de ser cozinhadas com moderação.

- Tem bom remédio, poupa-se no gás!

- As carnes vermelhas são um perigo para a saúde da malta, como os gases dos escapes dos carros a gasolina.

- Essa é boa, bem visto!

- Até que não são más notícias, em tempos calamitosos, em que muitos pagam os patos de poucos.

-Essa é boa, bem visto!

- Os produtores de carnes processadas e encarnadas estarão feitos ao bife.

- Sempre é melhor que andarem a engolir sapos vivos!

- Eles poderiam estabelecer-se no ramo das carnes brancas.

- Sempre é melhor que nada!

- O movimento vegan e os vegetarianos marcam pontos.

- Assim parece!

- O movimento vegan e os vegetarianos estão com melhores credenciais no mercado.

- Assim parece!

- Os produtores de carnes processadas e vermelhas precisam de lobistas mais eficazes.

- Precisam de mais reforços no próximo defeso!

 (Este tête-à-tête soube a pouco, tendo ocorrido na fila da carne encarnada de um hipermercado, surpreendentemente curta, aquando das compras do mês. Os 2 interlocutores sabiam que, em breve, se esgotaria o latim todo nos média sobre aqueles assuntos. Aquilo não passava de uma nuvem passageira que depressa se esvai. Garantidamente que no mês seguinte, estariam a dar à língua por mais tempo ainda, se o acaso os voltasse a juntar naquela fila. A não ser que os mercados apostassem decididamente mais nas carnes brancas e não processadas, o que não é previsível... Em tempo de facas longas e vacas magras, qualquer apelo à moderação tem acolhimento junto do povinho. Tinham sido muitos anos a virar frangos, para ambos...)

med106.gif

 

Estes 4  grupos de alimentos integram produtos  que me engordam, ou  que fazem mal à saúde,  ou que me podem matar e outros que terei de comer, seja como for

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub