Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

oitentaeoitosim

31
Mai14

Ladinices 8

Jorge

- Zé, vai à janela e diz-me o que espreitas.

- Pouca gente, chefe.

- Mas era suposto que houvesse muita gente nas ruas a comemorar o dia da libertação, o dia da partida dos nossos amigos, Zé.

- Eu próprio pus essa hipótese gloriosa, chefe, apenas lobrigo um gentil homem anafado a  brindar à restauração da independência e os circunstantes fazem gestos que se passou.

- Anda um homem a sacrificar-se a pôr as contas em dia, todo o mundo sabe disso que eu fui bem-sucedido e ninguém ergue uma bijeca ao alto, Zé. Cambada de ímprobos!

- Estou na sua sintonia, mas permita a observação, chefe. Desde o marquês de Pombal que ninguém fazia reformas mais atiladas como as suas, chefe!

- Isso é música para as minhas orelhas! Ao menos têm um sorriso nos lábios, Zé?

- Por acaso não, andam como se fossem para um funeral. Ninguém festeja a vida a andar para trás, se permite, chefe!

- Lá estás tu, uma no cravo, outra na ferradura! Se continuas assim, ainda mando desfazer as melhorias introduzidas no teu gabinete, à pala do erário público, Zé…

- Não faça isso, chefe adorado, que não sei viver sem as suas benesses!

- O meu generoso coração perdoa-te sempre, Zé, mas ao povo ingrato não!

- Alguns cidadãos não entraram nem com meio tostão furado, chefe…

- Lá estás tu outra vez. Ouve, Zé, é também de elogiar grande o sacrifício de virar a cara para o lado, perante as desgraças dos outros.

- Por aí também vou, chefe.

- Não vais a lado nenhum, vais mas é produzir um relatório para acalmar as dores de cabeça, o refluxo gástrico, as úlceras gástricas, as cefaleias dos credores institucionais, em chinamarquês.

-Fique a saber que está já à sua frente, chefe.

- Assim gosto de te ver, olho vivo e pé ligeiro, seu olhanense duma figa!

- A propósito chefe, quando me apresenta um deles, caramba, até parece que não sou seu amigo. Dava tudo para os conhecer, fazia tudo para lhes apertar a mão e agradecer de viva voz, até o chapéu eu comia…

- A seu tempo, eu também ainda não lhes pus a vista em cima, mas que existem, existem, Zé.

- Estamos a lidar com duendes, com fadas, com grifos, hipogrifos, com alguém que mexe os fios todos e não dá a cara.

- Exatamente, Zé, o que é preciso é assinar os cheques ou eles, materializam-se e quilham-nos, ulalá!

- Deus o guie e que a sanha das reformas prossiga, chefe!

- Até que enfim dizes qualquer coisa de jeito! Vou já dar ordens para que o teu gabinete possa alugar 2 popós topo de gama a um stand que eu cá conheço. Dizes que vais da minha parte…Podes tratar disso no resto da semana, Zé.

 

                                              Eu trato disso!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub