Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

oitentaeoitosim

22
Mar14

Respigos 4

Jorge

Os «grandes líderes» foram sempre assim: à inicial comiseração seguiu-se um amor profundo, uma dedicação arroubada e, depois, lentamente, uma indiferença e desconsideração que se vão transformando em desprezo e repulsa.

Francisco  J Viegas, in JN

 

O século XXI está nisto: nenhuma expressividade. O homem transformou-se aos poucos numa coisa geométrica, neutra, com lados iguais entre si (mais ou menos) e tudo o que era organismo é agora medidas e números.

Mas há algo de humano que ficou atrás do século (precisamente atrás). Duas mãos, duas simples mãos humanas que gesticulam, que se fartam de gesticular. Parecem sinaleiros; parecem, à primeira vista, querer orientar o mundo: para a esquerda, para a direita, para cima, para baixo. Mas depois de observarmos essas mãos algum tempo veremos que não; que essas mãos pedem ajuda, estão desesperadas.

Gonçalo M Tavares, in DN

 

1 – Dois homens penduram os casacos na árvore. A árvore(com este gesto dos humanos) transforma-se em cabide exterior. Que a natureza faça crescer cabides sensatos, eis o que todos pedimos.

2 - Dois homens disputam uma árvore e que foi arrancada do solo. Plantam árvore ou fixam-na no solo como se fosse uma peça de mobília? A quem pertence a árvore? – uma das perguntas essenciais desde o início dos tempos. É, afinal, a pergunta: a quem pertence este solo? Esta árvore pertence a este solo – a quem pertence este solo?

Em suma, o início dos conflitos – a quem pertence a árvore?

 O começo do pequeno conflito e da grande guerra. Dois homens disputam a propriedade da mesma Árvore.

A destruição do mundo? Vou levar esta árvore para casa.

Gonçalo M Tavares, in DN

 

A triste história da destruição da costa portuguesa é tudo menos surpreendente. Há largos anos que todos sabem que o processo de construção imobiliária junto à costa, o excesso de barragens feitas a montante, o planeamento sistematicamente violado por projectos PIN, leis de excepção e facilitismo autárquico, conduziram a isto. Quiseram ocupar o que é de todos, quiseram contornar as leis do país e desafiar as da própria natureza, quiseram facilitar, ganhar dinheiro rápido sem pensar nos riscos e agora quem paga somos nós?

Miguel S Tavares, in Expresso

 

Quando a evidência e a justeza se manifestam, não vale glosar.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub